domingo, 22 de agosto de 2010

A celebrar mais um ano....


O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis... É isto mesmo que eu hoje sinto...
Faz hoje dois anos que eu alcancei uma Nova Vida e com muito orgulho que quero partilhar isto com vocês... Foram dois anos fantásticos em que aproveitei cada dia como se fosse o último e fiz tudo aquilo que até então era impensável... Muito tenho a agradecer ao meu Amor pela sua presença contínua, à familia e aos amigos pois sem eles não era possível...
Foram momentos bons e maus nesta estrada percorrida... Muito tenho a agradecer aquela equipa fantástica do Hospital Juan Canalejo na Corunha, bem como todo o apoio prestada pela minha médica do hospital de São João. Bem-hajam e continuam a salvar vidas...

5 comentários:

sonia disse...

olá!
gostava de saber mais da tua experiência em Corunha...
O meu marido tem FQ e estamos aguardar a 1ª consulta.
Obrigada
Sónia
spcarvalho3@gmail.com

Margaça disse...

Feliz Aniversário! Que seja o 2º de muitos e muitos...

Alice ( mãe do Martim)

Tony Madureira disse...

Muito bem!!

Anónimo disse...

Depois de horas a fio de conversa e de muitas perguntas feitas, fiquei a conhecer um pedacinho da tua experiência. De como foi, como te sentiste, como ultrapassaste tudo... Se nessa fase eu não estava lá, agora, na celebração dos 2 anos (que teve direito a bolo e tudo =P), mesmo que apenas por telemóvel, marquei a minha presença. Não podia deixar de te dar os tão merecidos parabéns...
Entre muitas pessoas que tenho vindo a conhecer foste, sem dúvida, aquela estrelinha que só se encontra uma vez na vida. Sempre sorridente, feliz, bem-disposta, preocupada... Sempre tu! Autêntica e sincera!
Obrigada por estares cá. Fazes sem dúvida toda a diferença na minha vida. Já há muito que desejava ter uma amiga como tu (não desvalorizando as que já tenho =P).
Obrigada por nunca teres desistido. Por teres mostrado que não há impossíveis. E que nunca se deve desistir.
Como te dizia há pouco: estou lavada em lágrimas desde as primeiras palavras que li. Mas é com um enorme sorriso e com muito carinho à mistura que te digo... És uma inspiração para mim =)

Nunca te esqueças... Nem o céu é o teu limite!!!

Muitos beijinhos,
Ju**

O Blog Do Bruno Ricardo disse...

Esta madrugada, entre as 4 horas e tal e as 10 horas e tal, foi transplantada mais uma Portuguesa (Isabel). Eu estava ao lado dela, quando recebeu a noticia, de que iria ser transplantada.
Fiquei muito feliz.
O transplante correu muito bem e neste momento está na Sala de Recuperação.
Força Isabel...!